Depois de assumir homicídio dentro da casa, Luan pode ser expulso do BBB15

Polícia Civil do Rio de Janeiro interrogará o participante no reality show

Luan assumiu a autoria de um homicídio e será interrogado
Luan assumiu a autoria de um homicídio e será interrogado Reprodução/Facebook

BBB15 mal começou, e a primeira grande polêmica do programa já ganhou repercussão na "vida real".

O participante Luan Patrício, admitiu, em sua primeira noite no reality show, ter matado um homem durante uma operação do Exército em 2010, no Complexo do Alemão. Caso ele tenha que sair da casa para prestar depoimento na Delagacia de Homicídios (DH) do Rio de Janeiro, o participante ficará fora da disputa.

Entenda o caso

Logo em sua primeira madrugada dentro do confinamento, o brother Luan Patricio, de 23 anos, contou os detalhes de sua participação em uma operação de ocupação no Complexo do Morro do Alemão, ocorrida em 2010, que teria resultado na morte de um rapaz.

Luan, que servia o Exército na época, afirmou que matou um jovem que estava armado. Durante a conversa na madrugada do dia 21, ele chegou a imitar o som do disparo e disse que o tiro que deu "rasgou a cabeça dele e a caixa d'água".

Por assumir a autoria do homicídio, o participante será ouvido pela polícia em breve.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio de Janeiro, uma equipe da Divisão de Homicídios da Capital (DH) deve ir nos próximos dias ao Projac, sede da Rede Globo no Rio, para tomar o depoimento do ex-militar.

Lele e Gustavo Braun analisam os perfis dos participantes do Big Brother Brasil 2015