Luan Santana fala sobre polêmica de seu aplicativo para fãs

Seguidores do cantor reclamaram da "área vip" do programa para celular

Luan Santana investiu em aplicativo para celular
Luan Santana investiu em aplicativo para celular Reprodução/Instagram

Luan Santana lançou o aplicativo App Luan, mas logo de cara teve um dor de cabeça. Disponível para I0S e Android gratuitamente, o aplicativo causou um certo desconforto para alguns fãs.

A polêmica aconteceu porque existe uma assinatura mensal de US$ 2,99.0 (em dólar), onde o internauta vai comprando estrelas para se tornar um "super fã". Dessa forma, alguns fãs se sentiram meio deslocados por não terem dinheiro para comprar tantas estrelas.

O cantor conversou com a coluna de Leo Dias (O Dia) sobre o joguinho.

— Todos os meus fãs são "super fãs" pra mim. É apenas o nome escolhido pelos desenvolvedores do app para a área Premium, que ganha conteúdos adicionais. Eu propus de mudar o nome apenas para Área do Assinante e ponto. Ninguém é menos ou mais fã por pertencer a essa área. Quem está de fora não conhece essa relação que o fã tem com o ídolo. Um título não é nada. O app é gratuito, as estrelas, a princípio, têm a função de turbinar um post ou comentário dentro do aplicativo. E quem não quiser comprar, também pode ter estrelas. Quanto mais usa, mais ganha. Eu respondo sem distinção, fãs com uma estrela e fãs com cem estrelas. A cada três posts, um é para área paga. O aplicativo envolve uma equipe por trás e através de recursos como esse, ele se mantém. Existem desenvolvedores e muito planejamento por trás de uma plataforma como essa. Meus fãs gostaram da novidade, estão comentando comigo onde me encontram. Eu sempre fui aberto para o novo e, dessa vez, não foi diferente.

Luan também contou que está satisfeito com a repercussão do aplicativo.

— Estou feliz com o resultado dos meus fãs comigo. Foram quase cem mil downloads em menos de 24 horas.

Assista 24 horas à programação da Record TV