Luana Piovani abre o jogo sobre traição a Rodrigo Santoro

Atriz usou seu canal no YouTube para relembrar o caso

Luana Piovani Rodrigo Santoro
Luana Piovani Rodrigo Santoro Divulgação

Luana Piovani usou seu canal no YouTube para relembrar a traição ao ex-namorado, o ator Rodrigo Santoro, 17 anos após o ocorrido. A atriz afirmou que, após ter beijado o empresário Christiano Rangel, durante o Carnaval de 2000, ela tratou de terminar o relacionamento com Santoro.

— Já trai e já fui traída. A minha traição foi pública e notória, e o meu "corno" também. Tenho muita dificuldade em lidar com a culpa. Inclusive, a minha história de traição, na verdade, foi traição, mas eu não voltei para casa falando "eu te amo, meu amor" e deitei na cama. Eu traí, cheguei em casa e falei "deu ruim, vou partir". Não consigo fazer esse número de duas vidas, sabe? De viver duas coisas.

Luana ainda comparou as situações de quando traiu e de quando foi traída, sem citar o nome do ex-namorado.

— Quando eu fui traída, fiquei com tanto ódio que eu espumava. A vontade que eu tinha era de arrancar os olhos da pessoa. Porque eu fui traída, e a essa pessoa que me traiu voltou para casa dizendo "ai, meu amorzinho...". Mas, dito e feito: veio parar na minha mão! E aí que eu fiquei com ódio e pensei: "Como você faz um troço daquele, volta pra casa e se faz de bonzinho? Faça-me o favor!". Eu não tenho essa culpa, porque eu não fiz isso. Eu traí e falei: "Olha só, não foi legal, me perdoa, dei mole, mas vim aqui te dizer que estou partindo". Não fiquei fazendo a "fofita", dizendo "te amo" e traindo a pessoa.

Luana Piovani e Rodrigo Santoro namoraram de 1997 a 2000. A atriz, que atualmente é casada com o surfista Pedro Scooby, com quem tem três filhos, já chegou a revelar que se arrepende de ter sido infiel ao ator.