Recuperado de um câncer, Marco Antônio de Biaggi lança livro sobre fé e superação

O cabeleireiro mais querido das famosas conta como venceu o câncer em biografia

Superação: "Pensava em coisas boas, como voltar ao Copacabana Palace"
Superação: "Pensava em coisas boas, como voltar ao Copacabana Palace" Reprodução/Instagram


Fé e superação. Palavras que marcam a vida do cabeleireiro Marco Antônio de Biaggi e conduzem a biografia A Beleza da Vida (Editora Abril, R$ 35, 248 págs). O livro escrito pelo jornalista João Batista Jr conta a história do menino pobre, nascido em Pirituba, que sonhou alto, batalhou muito e hoje é dono de um verdadeiro império da beleza. Pelo seu salão, MG Hair, nos Jardins, em São Paulo, passaram beldades como a bilionária Athina Onassis, a top model Naomi Campbell, a atriz Bruna Marquezine e a cantora Anitta.

Em A Beleza da Vida, Biaggi conta um dos momentos mais difíceis que enfrentou: a superação de uma série de problemas de saúde. Em janeiro de 2015, o hair stylist enfrentou um câncer (de linfoma). Encarou seis sessões de quimioterapia, perdeu os cabelos, mas não deixou a peteca cair. Continuou trabalhando. Dizia para as clientes que estava careca porque havia feito uma promessa pela recuperação da saúde de seu pai. Na última sessão de quimioterapia, voltou ao hospital com dificuldades para respirar. Em maio do mesmo ano, superou uma pneumonia causada pelo vírus SARS. Teve quatro paradas cardíacas. Foram 145 dias de internação, sendo 45 na UTI. Acordou com 32 kg a menos e sem mover as pernas. Não se reconheceu. Mesmo assim, não perdeu a fé. Hoje está de volta ao salão e brinda a vida.


R7: O que o motivou a publicar sua história?
Marco Antônio de Biaggi:
Tudo começou quando a Alecsandra Zapparoli, diretora editorial do Grupo Abril, percebeu que eu estava muito magro e me pediu para falar toda a verdade. Contei ao jornalista João Batista Jr tudo o que passei. Ele vasculhou minha vida. Entreguei tudo nas mãos dele: a minha origem simples, a obsessão pela fama, a vontade de ajudar meus pais, os degraus que subi até chegar ao topo. Claro que falo da minha luta e da superação, mas têm coisas muito divertidas neste livro, bastidores das fotos de capas que fizemos para a revista Playboy, por exemplo. Para mim, o final é surpreendente.

Você atravessou um momento difícil, sentiu medo?
Sou muito religioso, nunca perdi a fé. Sabia que a recuperação viria mais cedo ou mais tarde, em momento algum achei que iria morrer. Nos momentos mais difíceis, pensava em coisas boas, naquilo que me fazia feliz: andar pelo calçadão de Copacabana e ficar hospedado no Hotel Copacabana Palace – eu tinha até uma suíte, a número 853. Amo andar pela Avenida Paulista, sentar na Livraria Cultura e tomar um café. Sabia que voltaria a fazer tudo isso. Compartilho agora em livro essa história de superação para ajudar quem está passando por momentos difíceis. Mas confesso que depois da traqueostomia senti medo de perder a voz.

Quais lições você tira de tudo isso?
Eu não tinha um domingo livre. Foram 30 anos trabalhando direto. Meu dom é cortar cabelo e faço com o maior prazer, mas aprendi que se você não para, o seu corpo vai parar. Hoje eu faço fisioterapia robótica pela manhã, chego ao salão por volta das 16h, corto o cabelo de umas cinco pessoas e paro, estou voltando aos poucos. Aprendi a valorizar as coisas boas da vida. Amo sentar à mesa com a minha família e apreciar uma boa massa.

Você tem uma relação muito forte com sua família.
Um dia eu sonhei e fui atrás. Batalhei e venci. Vivo a busca incessante do artista pela perfeição. Conquistei muitas coisas. Tenho um lindo duplex que fica vazio porque prefiro morar com meus pais. Eu sempre lutei por eles. Sou muito grato a toda a minha família. Minha irmã ficou todas as noites comigo no hospital — e foram 145 noites!

Depois de tudo o que passou, que mensagem você gostaria de deixar?
Eu tenho 3 milhões de seguidores somando todas as minhas redes sociais. Costumo publicar fotos com a minha rotina, coisas do meu dia a dia. As pessoas estão acompanhando minha luta e devo dizer a elas que todos os sonhos são possíveis. Eu nasci na periferia, sonhei em ter um salão, trabalhei muito e cheguei onde queria. Superei 145 dias em um hospital. Jamais perdi a fé.

Biografia de Marco Antônio de Biaggi
Biografia de Marco Antônio de Biaggi Reprodução/Instagram

Serviço:

Lançamento: Dia 15/08
Horário: 19h
Local: Livraria Cultura – Shop. Iguatemi (Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232)
Livro: A Beleza da Vila
Autor: João Batista Jr.
Editora Abril