De bike na Filadélfia: descubra as belezas da cidade da independência dos EUA e cenário de Rocky Balboa

Siga os passos do lutador e conheça lugares que marcaram a história dos Estados Unidos

  • Viagens
  • Andrea Miramontes, do R7, na Filadélfia
Quando menos espera, você se rende à cidade e começa a chamá-la carinhosamente de Philly
Quando menos espera, você se rende à cidade e começa a chamá-la carinhosamente de Philly Thinkstock

Filadélfia transpira arte, história e surpreende. É fatal. Quando menos espera, você se rende à cidade e começa a chamá-la carinhosamente de Philly (abreviação de Philadelphia, em inglês). É lá que está também o maior programa de arte pública dos EUA, com grafites incríveis e gigantes.

Neste 4 de julho, dia da independência dos Estados Unidos, o R7 Viagens convida você a dar uma espiada na linda Filadélfia. Em 4 de julho de 1776, foi assinada a declaração de independência do país na cidade.

A maior cidade do estado americano da Pensilvânia fica a apenas duas horas de Manhattan, em Nova York, de ônibus. Para estada, inúmeros hotéis no centro da cidade facilitam a vida do turista. Uma dica linda de hospedagem é um hotel que, além da excelente localização, ajuda cães abandonados a encontrar um lar. Conheça a história dessa unidade especial Kimpton.

Para explorar, especialmente se tem pouco tempo, o ideal é locar uma bike. Há empresas, como a Philly Bike Tour, que, além de alugar, montam fazem roteiros que incluem explicações nos pontos turísticos. 

Independence Hall, marco da independência do país
Independence Hall, marco da independência do país Thinkstock

O passeio de três horas passa por mais de 25 pontos, incluindo locais históricos, a belíssima galeria a céu aberto Philadelphia's Magic Gardens (abaixo), Washington Square Park, o primeiro hospital dos EUA, Pennsylvania Hospital, e o bairro Gayborhoood, bairro gay com bares incríveis, entre outros.

O melhor da pedalada cultural é que vem recheada de história dos EUA. Uma parada estratégica acontece no Independence Hall, marco da independência do país (ao lado).

Tanto a declaração de independência como a constituição americana foram assinadas neste ponto. O local também foi sede do governo americano até a mudança definitiva da capital para Washington em 1800.

Museus e Rocky, o lutador

Rocky Steps (passos de Rocky) no Philadelphia Art Museum
Rocky Steps (passos de Rocky) no Philadelphia Art Museum Andrea Miramontes/R7

Durante a pedalada, você vai passar pela famosa escadaria onde Rocky Balboa treinava para as competições de luta. Os filmes do boxeador, vivido por Sylvester Stallone, começaram há exatos 40 anos, com o ganhador do Oscar, Rocky, Um lutador, em 1976.

O ponto de parada é o Rocky Steps (passos de Rocky) em frente ao Philadelphia Art Museum, na famosa escadaria.

Espere dois minutos e vai ver turistas que seguem os passos de Stallone, ao correr pelas escadas e lutar no topo. Ou melhor, peça para alguém filmar e faça você mesmo a performance histórica.

Os museus são atrações imperdíveis. Programe-se ao menos para conhecer alguns, como o The Barnes Foundation, que abriga uma das maiores coleções de pinturas impressionistas fora da França.

Philly abriga também o Rodin Museum, com a maior coleção do artista fora de Paris, incluindo molde da famosa escultura O Pensador. Auguste Rodin (1840-1917) é considerado pai da escultura moderna.

Os jardins mágicos também merecem sua visita (Philadelphia's Magic Gardens). Trata-se de uma galeria labirinto ao ar-livre feita com mosaicos montados de azulejos, rodas da bicicleta entre outros materiais que seriam descartados.

Rodas de bike viram janelas no Philadelphia's Magic Gardens
Rodas de bike viram janelas no Philadelphia's Magic Gardens Reprodução/Phlexp

Para visitar tudo, uma boa pedida é economizar até 45% com os ingressos é o Philadelphia CityPass, bilhete para ver as principais atrações da cidade. Adultos pagam US$ 59 (cerca de R$ 200).

Street Art - a Cidade dos Murais

Mais de 3.600 murais formam as paredes de Philly, cercadas de arte, em programa que incentiva criatividade
Mais de 3.600 murais formam as paredes de Philly, cercadas de arte, em programa que incentiva criatividade Andrea Miramontes/R7

Durante todo passeio, repare nos grafites. São enormes e belíssimos. Filadélfia tem o maior programa de arte pública dos EUA, chamado The City of Philadelphia Mural Arts Program. São mais de 3.600 murais pelas esquinas.

Por 30 anos, artistas e comunidade colaboram com a arte nos muros. A arte em todas as esquinas rendeu à Philly o reconhecimento internacional Filadélfia de "Cidade dos Murais."

Hotel delicioso no centro de Phylli ajuda a arrumar lar para cães abandonados! Conheça

Philly tem hotel da rede Kimpton que ajuda a salvar cães abandonados, ao encontrar lar para eles
Philly tem hotel da rede Kimpton que ajuda a salvar cães abandonados, ao encontrar lar para eles Divulgação/Kimpton