Descubra a validade mínima do passaporte para viajar ao exterior

Suspensão da emissão de passaporte pode atrapalhar planos de viagem

Emissão de passaporte está suspensa sem prazo para voltar
Emissão de passaporte está suspensa sem prazo para voltar Folha Vitória - Cidades 2

A Polícia Federal anunciou, em nota divulgada na noite desta terça-feira (27), que a confecção de passaportes foi suspensa por tempo indeterminado por falta de verba.

Apesar de desembolsar R$ 257,25 pelo documento, que vale por 10 anos para maiores de 18, a pessoa vai ter que esperar que a situação se regularize.

Veja o passo a passo de como tirar passaporte

Mas como fica a vida do viajante? Para quem tem viagem marcada, o R7 traz os prazos mínimos exigidos pelos destinos para poder embarcar, o que pode atrapalhar os planos de viagem de muita gente.

Em destinos do México, como Cancún, por exemplo, para embarcar, é preciso ter seis meses de validade extra do passaporte, no momento em que você deixar o país.

Flórida para descolados! Conheça o mais legal de Miami

O ideal é que sempre renovar o documento 6 meses antes do vencimento. Veja abaixo como funcionam os prazos mínimos para viajar para cinco dos principais destinos de brasileiros.

Estados Unidos

O passaporte tem que estar válido até o final da viagem, sem prazo extra.

Europa

A União Européia exige que o passaporte tenha validade extra de três meses após o retorno ao Brasil.

Reino Unido

É preciso que o passaporte tenha validade de seis meses de sobra, antes da saída de todo Reino Unido.

México

É preciso ter seis meses de validade extra, no momento em que você deixar o país.

América do Sul

Acordo que começou com o Mercosul e se estendeu a mais países permite que o viajante embarque só com o RG, sem necessidade de passaporte. Mas, atenção! Não pode embarcar com carteira de motorista.

O RG também precisa ter foto recente, em que você esteja reconhecível. Não vale o primeiro da infância. O ideal é que o documento tenha sido emitido nos últimos 10 anos

Na Argentina: trem do Fim do Mundo serpenteia pela Patagônia

No Uruguai: Hotéis com arte são luxo rústico no litoral