Novos shows de projeção da Disney revisitam clássicos e encantam visitantes de todas as idades

Happily Ever After e Rivers of Light abusam da tecnologia para emocionar o público

Fogos coordenados com música e projeções fazem do Happily Ever After um espetáculo encantador
Fogos coordenados com música e projeções fazem do Happily Ever After um espetáculo encantador Andrea Miramontes/R7

Os novos shows de projeção e fogos da Disney são simplesmente encantadores. No Magic Kingdom, mais de 25 filmes, desde clássicos como A Pequena Sereia e Aladdin, até os mais recentes, como Moana, tomam o castelo da Cinderela com o novo Happily Ever After.

A Bela e a Fera também está no  show
A Bela e a Fera também está no show Divulgação

O espetáculo mexe com a emoção e agrada a todas as idades. Não tem como não se maravilhar quando o Quasídomo, protagonista de O Corcunda De Notre Dame, se balança nas torres do castelo. Ou quando vilões fazem a festa, como a Malévola que envolve o lugar em chamas verdes. 

O show tem o maior investimento já feito num único show do Magic Kingdom, em quantidade de lasers, luzes (mais de 50 holofotes coreografados), projeções e fogos de artifício.

A trilha sonora do espetáculo foi gravada por uma orquestra, em Londres, e inclui músicas de clássicos da Disney, como Tarzan, O Rei Leão, Aladdin e A Princesa e o Sapo.

O show será apresentado todas as noites, em horários que variam de acordo com o fechamento do parque.

Pandora, na Disney, transporta visitantes para dentro do filme Avatar, de James Cameron

"É divertido fazer o que se considera impossível", diz o CEO da Disney sobre o mundo de Pandora

Abaixo, veja um trechinho do que te espera:

No Animal Kingdom: Rivers of Light

Projeções de Rivers of Light usam mais de 50 mil luzes de LED no Animal Kingdom
Projeções de Rivers of Light usam mais de 50 mil luzes de LED no Animal Kingdom Divulgação

A grande cerimônia começa com a chegada contadores de histórias e embarcam num navio.

Eles convocam o espírito dos animais e quatro deles aparecem: tigre, tartaruga, elefante e coruja - todos partem para uma viagem cheia de simbolismo, das selvas asiáticas até o cerrado africano.

Os criadores de Rivers of Light usaram o que há de mais moderno em tecnologia. Os onze flutuadores são independentes foram programados para movimentos de dança coreografada na água.

As embarcações, criadas pelo renomado designer da Broadway, Michael Curry, rfletem as projeções com mais de 50 mil luzes de LED.

A idéia é dar a sensação de os expectadores passaram por uma incrível jornada que reflete a beleza e a fragilidade da natureza.

Ainda no Animal Kingdom, a grande novidade do ano foi a inauguração do Mundo Pandora, que recria o filme Avatar, com uma área de 48 mil m² e dois brinquedos fantásticos.

Descubra o blog de experiências fantásticas do R7, o Lado B Viagem

Abaixo, assita como é dentro do simulador 3 D de Pandora, um dos mais incríveis já lançados: