Tijuca abre 2ª noite de Carnaval do Rio com homenagem a Falabella

A musa Juju Salimeni e a rainha Juliana Alves participaram do primeiro desfile na Marquês de Sapucaí nesta segunda-feira (12)

Casal de mestre-sala e porta bandeirada Unidos da Tijuca

Casal de mestre-sala e porta bandeirada Unidos da Tijuca

Wilton Junior/Estadão Conteúdo

Lembranças de obras do ator e diretor Miguel Falabella tomaram o sambódromo da Marquês de Sapucaí na abertura da segunda noite do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (12), com o desfile da Unidos da Tijuca.

A escola contou com a participação de diversos atores e atrizes que fizeram parte das obras de Falabella. Com destaque, a atriz Cláudia Raia participou no carro alegórico que lembrou o musical "O beijo da mulher aranha".

No chão, Juju Salimeni foi com a fantasia usada por Cláudia Raia no musical Cabaret (espetáculo adptado por Falabella).

Os integrantes da bateria foram fantasiados do personagem Caco Antibes (interpretado pelo ator no "Sai de Baixo"), que teve à frente a atriz Juliana Alves.

Já a atriz Marisa Orth, madrinha de bateria, foi fantasiada de Magda — personagem que ela mesma interpretou contracenando com o ator homenageado no sitcom “Sai de Baixo”.

Um ano depois do acidente que atingiu a escola, a volta por cima foi consolidada com o desfile sem problemas que cantagiou o público do sambódromo. O enredo “Um coração urbano: Miguel, o arcanjo das artes, saúda o povo e pede passagem", tenta levar o 5º título da história da escola azul e amarela.

Leia mais notícias do Carnaval 2018