Pop Após acusação de agressão, Johnny Depp envia parte de indenização milionária à caridade

Após acusação de agressão, Johnny Depp envia parte de indenização milionária à caridade

Segundo o TMZ, atriz teria anunciado que ajudaria instituições com o dinheiro

Johnny Depp enviou parte do valor de indenização à ex-esposa direto para a caridade

Amber Heard e Johnny Depp: separação gerou indenização

Amber Heard e Johnny Depp: separação gerou indenização

Getty Images

Após acusar Johnny Depp de agressão, a atriz Amber Heard provou o crime e ganhou na Justiça o direito de receber uma indenização de US$ 7 milhões. Parte desse valor já começou a ser pago pelo ator.

Segundo o TMZ, ele já teria enviado uma quantia para instituições de caridade norte-americanas, já que a intenção de Amber é ajudar causas sociais.

Amber escolheu a União das Liberdades Civis dos EUA, "com um foco em combater a violência contra a mulher", segundo ela mesma disse ao site, e o Hospital Infantil de Los Angeles, onde trabalhou voluntariamente nos últimos 10 anos. O valor será dividido igualmente entre as duas instituições.

Um representante foi ouvido pelo TMZ: "Depois que Amber Heard anunciou que seu acordo de divórcio seria dividido igualmente para o Hospital Infantil de Los Angeles e para a União das Liberdades Civis dos EUA, duas instituições de caridade excepcionalmente importantes, Johnny Depp enviou a primeira de várias parcelas desse montante para cada caridade em nome de Amber Heard. A generosidade da Sra. Heard em doar à estas causas maravilhosas é profundamente respeitada".

Amber revelou as agressões em 21 de março deste ano. Desde então, Depp precisa obedecer ordem de restrição temporária, que o obriga a ficar a cem metros de distância da ex. Vídeos publicados pela imprensa estrangeira provam que o astro realmente se descontrolou e agrediu a então esposa. Antes dessas provas, Amber Heard chegou a ser acusada de chantagem.

Leia mais:

Novas fotos mostram hematomas em Amber Heard após suposta agressão de Johnny Depp em dezembro