Pop Após polêmica com vingança pornô, Max e Mariano sofrem ataques no Facebook e no WhatsApp

Após polêmica com vingança pornô, Max e Mariano sofrem ataques no Facebook e no WhatsApp

Dupla diz que grosserias são de autoria de um perfil fake

Suposto perfil de Max e Mariano no Facebook reforça apologia à vingança pornô

Max e Mariano dizem que são alvos de fakes e mensagens ofensivas

Max e Mariano dizem que são alvos de fakes e mensagens ofensivas

Divulgação

Acusada de fazer apologia à divulgação de vídeos íntimos no clipe da música Eu Vou Jogar na Internet, a dupla goiana Max e Mariano garante que o perfil de Facebook que respondeu usuários com grosserias e insultos é fake e não tem ligação com os sertanejos.

— Após a polêmica, começaram a surgir fakes da dupla na internet. Teve um que começou a responder agressivamente quem tentava entrar em contato. Em poucas horas, passamos de culpados a vítimas.

Em um print tirado no Facebook, uma usuária da rede social diz que a dupla será processada e terá a carreira fracassada após o clipe polêmico. O suposto perfil de Max e Mariano responde de forma ofensiva e diz para que a pessoa tome cuidado com os próprios vídeos íntimos.

O cantor explica ainda que descobriram o telefone pessoal dele e de Mariano. Desde então, muitas pessoas questionam o motivo da dupla ter gravado a música. De acordo com Max, feministas mandam mensagens radicais pelo WhatsApp.

— Essas conversas mais ofensivas são ignoradas. Mas quando a pessoa mostra educação, converso e explico que a nossa intenção não era promover revenge porn. Como pessoas públicas, não estamos fugindo da responsabilidade em responder quem nos procura.

Suposto insulto da dupla no Facebook

Suposto insulto da dupla no Facebook

Divulgação