Pop Ariana Grande sofre com transtorno após show com ataque terrorista

Ariana Grande sofre com transtorno após show com ataque terrorista

A enfermidade aconteceu após atentado de 22 de maio de 2017, durante um show dela em Manchester, no Reino Unido; Na ocasião, 22 pessoas morreram.

Ariana Grande desenvolveu doença após show com ataque terrorista

Ariana Grande: cantora desenvolveu transtorno após ataques

Ariana Grande: cantora desenvolveu transtorno após ataques

Vagalume - Música

Ariana Grande revelou sofrer de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) em uma entrevista à edição britânica da revista Vogue que circulará em Julho.

A enfermidade foi desenvolvida após o atentado de 22 de maio de 2017, durante um show ela em Manchester, no Reino Unido. Na ocasião, 22 pessoas morreram e 50 ficaram feridas.

Explosão deixa 22 mortos e mais de 50 feridos em show de Ariana Grande em Manchester

— É difícil falar sobre isso porque foi tanta gente que sofreu uma perda tremenda, muito severa. Mas, sim, é algo real.

Ariana, de 24 anos, comenta que entrou em contato com as famílias após a tragédia.

— Eu conheço aquelas famílias e meus fãs, e todos lá vivenciaram essa sensação fortemente também. O tempo é o maior de tudo. Eu sinto que nem deveria estar falando da minha própria experiência - tipo, eu não deveria dizer coisa alguma. Não acho que conseguirei jamais saber como falar sobre isso e não chorar.

Treze dias após atentado que matou 22 pessoas, Ariana Grande volta a se apresentar em Manchester

O transtorno do estresse pós-traumático é uma doença mental associada à algum epísódio ou episódios de violência. Lembranças intrusivas, flashbacks, pesadelos e a sensação de reviver momentos de grande tensão estão entre os sintomas.