Pop Belchior morre aos 70 anos no Rio Grande do Sul

Belchior morre aos 70 anos no Rio Grande do Sul

A família comunicou o governo do Estado do Ceará para fazer traslado do corpo

Belchior morre aos 70 anos no Rio Grande do Sul

Belchior morreu aos 70 anos no Rio Grande do Sul

Belchior morreu aos 70 anos no Rio Grande do Sul

Divulgação

O cantor Belchior morreu na noite de sábado (29) aos 70 anos na cidade de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul.

A informação foi divulgada por jornais cearenses e confirmada pelos familiares e pelo governador do Estado, Camilo Santana, que decretou luto oficial de três dias. 

Os parentes do músico teriam pedido ajuda das autoridades para custear o traslado do corpo para o Nordeste. A causa da morte não foi divulgada.

Nascido em 26 de outubro de 1946, na cidade cearense de Sobral, Belchior começou a carreira nos anos 70. O disco mais conhecido dele é Alucinação, que contem os hits Velha Roupa Colorida, Como Nossos Pais, A Palo Seco e Alucinação.

Apesar do sucesso e reconhecimento nacional, o cantor passou a última década recluso e sem realizar shows. Nesse período, viveu no Uruguai e em estados do Sul do Brasil. 

Belchior abandonou a mulher Ângela para viver com Edna Prometheu, que conheceu no ateliê do amigo Aldemir Martins.

Com o sumiço, enfrentou processos judiciais relacionados a pensões alimentícias de duas filhas e processo trabalhista. Por conta disso, ele teve as contas bloqueadas e não podia mais sacar o que recebia dos direitos autorais das músicas que compôs.

Belchior teve músicas regravadas por diversos ícones da música nacional, como Elis Regina, que fez uma versão de Como Nossos Pais, e Jair Rodrigues, responsável por gravar Galos, Noites e Quintais.

    Access log