Cinema Modelo revela que teve caso com Woody Allen aos 16 anos

Modelo revela que teve caso com Woody Allen aos 16 anos

Após mais de 40 anos, Christina Engelhardt contou em entrevista ao Hollywood Reporter detalhes da relação secreta com o cineasta

Modelo revela que teve caso com Woody Allen aos 16 anos

Allen se envolveu com jovem de 16 anos

Allen se envolveu com jovem de 16 anos

Reuters

Woody Allen se envolveu em uma nova polêmica após a modelo Christina Engelhardt revelar que teve um caso com o cineasta quando tinha apenas 16 anos.

Em entrevista ao Hollywood Reporter, ela relembrou que tudo começou em 1976, em um restaurante em Nova York. Christina relatou ter avistado Allen no local e decidiu passar o número do telefone dela para o diretor. "Você dá muitos autógrafos, então aqui está o meu", escreveu a modelo.

No dia seguinte, Allen, que tinha 41 anos na época, ligou para a jovem e os dois começaram a se encontrar no apartamento do cineasta. O caso entre os dois era secreto e, segundo Christina, as janelas e cortinas do apartamento do diretor, nos arredores do Central Park, estavam sempre fechadas. "A vista provavelmente era linda, mas eu nunca pude ver", afirmou.

Após alguns anos de relacionamento, Allen começou a levar outras mulheres para os encontros, inclusive, Mia Farrow, com quem ele se casou depois. "Eu me senti enjoada, não queria estar lá [no quarto com os dois], mas não tinha coragem de ir embora. Ir embora significaria que tudo estaria acabado. Olhando para trás, sei que era disso que eu precisava. Mas não ter Woody na minha vida parecia absurdo naquela época", declarou Christina.

Modelo deu detalhes do relacionamento com cineasta

Modelo deu detalhes do relacionamento com cineasta

Reprodução/Instagram

Na entrevista, a modelo também falou sobre Manhattan, filme lançado por Allen em 1979 e considerado um dos melhores trabalhos da carreira do cineasta. No longa, ele vive um escritor que tem um caso com uma adolescente. A trama surpreendeu Christina por conta das semelhanças com o relacionamento dos dois. "Chorei durante toda a sessão. Foi como se todos os meus piores medos viessem à superfície. Era assim que ele se sentia sobre mim? Nós dividimos uma conexão tão forte, desde o começo, e aqui estava essa interpretação de mim para todos os críticos de arte verem e desconstruírem."

Christina reforçou ainda que decidiu revelar a história do passado não para  prejudicar Allen mas para trazer uma nova visão sobre o escândalo envolvendo o cineasta — que foi acusado de assédio sexual, inclusive pela filha adotiva.

    Access log