Pop Documentário mostra lado desconhecido de Steve Jobs

Documentário mostra lado desconhecido de Steve Jobs

Steve Jobs: Man in the Machine retrata a vida pessoal do empresário 

Documentário mostra lado desconhecido de Steve Jobs

Quem assitiu ao filme Jobs, estrelado por Ashton Kutcher, dificilmente irá pensar coisas ruins sobre o empresário idealizador da Apple, Steve Jobs. 

Retratado como um gênio, o documentário Steve Jobs: Man in the Machine busca quebrar essa visão sobre o empresário e mostrar um lado mais complexo e desconhecido de Jobs, segundo informou o diretor Alex Gibney. 

Embora retrate toda a genialidade do empresário, o diretor também buscará mostrar outros aspectos de sua vida, como o relacionamento com sua primeira namorada, Lisa, com quem teve uma filha. De acordo com Gibney, Jobs havia largado a moça e se recusava a pagar pensão, mesmo já sendo milionário. 

Episódios da vida profissional do empresário também serão retratados. Como por exemplo, a vez que ele mentiu sua margem de lucro para o colega, Steve Wozniack, quando fizeram juntos um projeto para o videogame Atari. De acordo com Gibney, Jobs informou o amigo que haviam lucrado aproximadamente R$ 2.000, dando metade à Woziniack, quando, na verdade, haviam recebido uma quantia próxima de R$ 16.000.

O gatilho para a elaboração do documentário foi a grande comoção das pessoas após a morte de Jobs, em 2011. Segundo Gibney, ele só tinha visto aquele tipo de emoção acontecer quando pessoas como Martin Luther King e John Lennon faleceram. 

O documentário será exibido no South by Southwest (SXSW), que começou na última sexta-feira (13) e vai até o próximo domingo (22).

Único chefe de Steve Jobs fala sobre sua relação com o presidente da Apple:

    Access log