Pop Em entrevista, Morgan Freeman diz que "come, bebe, cheira e fuma maconha"

Em entrevista, Morgan Freeman diz que "come, bebe, cheira e fuma maconha"

Ator declarou que o uso da erva começou para diminuir dores de uma fibromialgia

Em entrevista, Morgan Freeman diz que "come, bebe, cheira e fuma maconha"

Morgan Freeman assume que faz uso de maconha

Morgan Freeman assume que faz uso de maconha

Getty Images

Desde que sofreu um acidente de carro no ano de 1997, Morgan Freeman convive com uma fibromialgia no braço esquerdo que limita os movimentos e causa dores crônicas.

Para diminuir os efeitos dessa condição, Freeman comentou que faz uso medicinal de maconha há 18 anos. Em entrevista ao Daily Beast, o ator ainda afirmou que consome a erva de todas as formas: "como, bebo, cheiro e fumo".

— Antigamente costumavam dizer: "Rapaz, você fuma isso? Vai ficar viciado". Minha primeira esposa me apresentou maconha anos atrás. Esse movimento de consumo medicinal ganha pernas cada vez maiores.

O astro de 77 anos ainda disse que é importante levar em consideração os efeitos positivos do consumo de drogas para diminuir convulsões infantis.

— Muito se comenta sobre o uso de maconha para aliviar as convulsões em crianças. E a maconha ajuda nisso e aumenta a qualidade de vida delas. Para mim, isso é um sinal que deveríamos liberar sem condições.

Questionado sobre os efeitos nocivos da droga, Freeman fez uma comparação entre a primeira edição do festival de Woodstock e a edição de comemoração aos trinta anos do evento, que aconteceu em 1999. No show realizado nos anos 60, o consumo de maconha foi liberado e nenhum grave incidente foi registrado. Já a segunda edição, rotulada pelo ator como "careta", acabou em prisões, incêndios e motins.