Globo de Ouro premiou atores com histórico de violência e abuso sexual

Cerimônia teve como foco o combate do abuso em Hollywood

Gary Oldman e James Franco foram acusados após prêmios
Gary Oldman e James Franco foram acusados após prêmios Reprodução NBC

O Globo de Ouro 2018, realizado na noite de domingo (7), ficou marcado pelos protestos contra abusos sexuais na indústria do cinema. Mas mesmo em uma noite com esse tipo de manifestação, a cerimônia premiou atores com acusações de violência doméstica e até de estupro. 

Gary Oldman, vencedor de Melhor Ator de Filme Dramático pelo papel de Winston Churchill em O Destino de uma Nação, foi alvo da ira de usuários do Twitter e até virou um dos assuntos mais comentados dessa rede social. O motivo é que o premiado ator foi acusado de agredir a ex-esposa Donya Fiorentino em 2001 na frente dos dois filhos.

Em entrevista a New York Daily News, em 2015, ela detalhou como teria sido o episódio que resultou em divórcio logo em seguida.

— Assim que peguei o telefone para ligar para a Polícia, Gary colocou as mãos no meu pescoço e apertou. Eu recuei com a base do telefone e tentei discar para o 911. Gary pegou o telefone da minha mão e me bateu no rosto com o aparelho por três ou quatro vezes. Meus dois filhos estavam chorando.

Apesar da agressão constar no processo de separação, Gary diz que as acusações estão repletas de mentiras e meias verdades. O ator também já se envolveu em outras polêmicas, como quando defendeu discursos antissemitas do amigo Mel Gibson. 

Além dele, James Franco, vencedor do prêmio de melhor ator cômico pelo filme O Artista do Desastre, foi acusado por Ally Sheedy (estrela de O Clube dos Cinco) de abusar de uma menor de idade em 2014. Franco já admitiu ter trocado mensagens tentando marcar encontro com uma fã no Instagram – o problema é que a garota teria 17 anos na época.

A atriz Sarah Tither-Kaplan foi autora de outro tuíte sobre o astro.

— Ei, James Franco, bacana o seu broche do Time’s Up no Globo de Ouro. Lembra quando você me disse que a nudez frontal que você me obrigou a fazer em dois de seus filmes por 100 dólares por dia não era exploração, porque eu tinha assinado um contrato?

Kaplan atuou nos filmes Blood Theatre e No Long Home, ambos dirigidos por Franco. Já Violet Paley acusou Franco de tentar obrigá-la a praticar sexo oral dentro do carro dele.

— Que bonitinha esse pin do #TimesUp, James Franco. Lembra de quando você empurrou minha cabeça pra perto do seu pênis exposto no carro? E aquela outra vez que você falou pra uma amiga minha ir até seu hotel quando ela tinha 17 anos? Isso depois de você já ter sido pego fazendo aquilo com outra menina de 17 anos?

Os atores não se manifestaram sobre as acusações.