Música "Coisas do Meu Imaginário" novo disco do Rael será lançado dia 11

"Coisas do Meu Imaginário" novo disco do Rael será lançado dia 11

Álbum com 11 faixas inéditas estará disponível para venda nas plataformas de música digital

"Coisas do Meu Imaginário" novo disco do Rael será lançado dia 11

Na sexta, dia 11, o cantor Rael lança o seu quarto disco solo

Na sexta, dia 11, o cantor Rael lança o seu quarto disco solo

Divulgação

Na próxima sexta-feira, dia 11, às 11h, será lançado o tão aguardado álbum "Coisas do Meu Imaginário" do cantor Rael. O disco com 11 faixas foi produzido pelo  Daniel Ganjaman. Este é o quarto trabalho solo do Rael. O disco é uma parceria do selo Laboratório Fantasma e do Natura Musical.

Entre as participações estão Black Alien e Chico César, além de Ogi, Apolo e Massao, os dois últimos companheiros de Rael no emblemático grupo Pentágono.

Ganjaman assinou a produção do último disco do Sabotage, lançado este ano, 13 anos após a morte do rapper, e do excelente "Nó na Orelha", do rapper Criolo. O trabalho do Rael segue a mesma tradição de qualidade e criatividade.

O álbum já está disponível para pré-venda. Na sexta-feira, ele estreia no Deezer, no Spotify, no Tidal, no Napster, na Apple Music, no YouTube, no GooglePlay, na Claro Música e no One rpm.

Ao confirmar a data de lançamento do álbum, a equipe do Rael divulgou também sete curiosidades sobre o trabalho e também informou que será lançado um segundo videoclipe, este em homenagem à Rinha dos MCs, a clássica batalha de rimas onde "só um canta de galo e o resto é frango", que na maioria das suas edições reunia grandes nomes da cena hip-hop de São Paulo Emicida, Rashid, Projota, Rael e que era comandada pelo Criolo e o DJ Dan Dan. 

Confira as curiosidades e o vídeoclipe de "Rouxinol", dirigido pelo Rodrigo Zanchini, o primeiro single do novo álbum. 

1 - Até a data de lançamento do álbum, vamos colocar na rua mais um single com um clipe cheio de participações que, assim, pense em um vídeo com MUITAS participações pesadas do rap nacional. Esse vai emocionar! Alô, rapa da Rinha!


2 - A escolha do dia 11/11, às 11h, para o lançamento não foi à toa. O Rael cismou com este número. Aliás, “Coisas do Meu Imaginário” tem 11 faixas. Alguém aí sabe o significado desse monte de 11?


3 - Por pouco o disco não foi batizado de “Onde Mora o Verso da Minha Canção”. Mas você só vai saber de onde veio esse outro nome ouvindo o álbum


4 - Já está rolando pré-venda no iTunes e nas livrarias Saraiva e Cultura. Você garante agora o seu disco e a partir do dia 11 de novembro ele será enviado para o endereço que você preferir


5 - Quem sugeriu o nome de “Minha Lei”, uma das faixas do álbum, foi o Neto, do Síntese


6 - As coisas do imaginário do Rael você vai perceber quais são ouvindo as músicas do disco; as suas você vai poder mostrar pra ele quando estiver com o encarte em mãos (só estando com ele em mãos mesmo pra entender)


7 - Trabalhar com o Daniel Ganjaman na produção de um disco já era uma vontade antiga do Rael, desde quando foi concebido o segundo trabalho solo dele, “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração” (2013), mas na época não foi possível. Quis o Universo que enfim desse certo em 2016. Enfim, daqui a 11 dias a gente coloca mais esse filho no mundo, com todo o amor e carinho que você merece!

Em "Rouxinol", Rael destaca aquela que é a principal característica de sua música: a mistura do rap com outros elementos musicais, como ijexá e reggae, em uma letra que fala de um mundo imaginário.  “A inspiração pra essa letra foi imaginar um mundo diferente pelo fato de a gente viver nessa correria doida, sem tempo pra prestar atenção em nada, pra desfrutar de coisas simples, e o Ganja [Daniel Ganjaman] captou isso de uma maneira que casou perfeitamente na música”, diz Rael.

    Access log