Editora de livros é criticada por fazer piada com foto de Valesca Popozuda lendo um clássico francês

Funkeira sofreu crítica preconceituosa pelo Facebook da editora, que apagou o comentário

Valesca compartilhou sua "pausa básica pra leitura" no Instagram
Valesca compartilhou sua "pausa básica pra leitura" no Instagram Reprodução Instagram

Valesca Popozuda compartilhou um momento de leitura na semana passada, em seu Instagram. Na foto, a funkeira aparece lendo o romance Madame Bovary, um clássico da literatura francesa, de Gustave Flaubert. A imagem foi muito compartilhada, seja em tom de brincadeira ou elogios à funkeira.

Porém, teve quem pegasse pesado e fizesse piada preconceituosa e machista, como foi o caso da Editora de Livros Aped.

No Facebook da editora, a equipe postou a foto de Valesca com uma legenda irônica.

— Valesca Popozuda acaba de aparecer nas redes lendo Madame Bovary, de Flaubert – um magnífico livro sobre a libertação de uma mulher, escrito no século 18. Quero saber se ela soube interpretar (KKKKKKKKKKK) pois a maioria da pessoas ACHA que sabe ler (sic)

​Os seguidores da página logo comentaram a foto reprovando o tom irônico das palavras, que parecem querer "diminuir" a cantora.

Segundo reportagem do jornal Extra, a sócio-diretora da Editora afirmou que a publicação foi feita por um colaborador da página e defendeu a irresponsabilidade na publicação, que foi deletada assim que ficou sabendo.