Música Gal Costa grava DVD de show que é 'frescor para tempos sombrios'

Gal Costa grava DVD de show que é 'frescor para tempos sombrios'

Cantora sobe ao palco nesta sexta-feira (22) e sábado (23), em São Paulo, para apresentar repertório de 'A Pele do Futuro' em gravação audiovisual

Gal Costa eterniza disco e oferece 'frescor para tempos sombrios'

Gal Costa apresenta 'A Pele do Futuro' na capital paulista

Gal Costa apresenta 'A Pele do Futuro' na capital paulista

Divulgação

“Maduro, alegre, para tempos sombrios”. É assim que Gal Costa define A Pele do Futuro — 40º álbum da carreira —, que nesta sexta-feira (22) começa a ganhar forma de DVD. A cantora de 73 anos vai subir ao palco da Casa Natura Musical, em São Paulo, com um repertório de peso e clima intimista para mais um registro audiovisual da carreira. A segunda noite de show acontece no sábado (23).

O desejo de eternizar o projeto vem de encontro com a decisão de Gal em gravar todos os trabalhos em vídeo. Ao R7, a cantora — um dos nomes mais importantes da história da música brasileira — explica que, ao longo da carreira, grandes apresentações se perderam por conta da ausência de um registro em vídeo.

— Eu penso que fiz tantas apresentações memoráveis, tantos shows lindos com a plateia conectada comigo e não tenho isso gravado. Agora, sempre que puder, quero deixar uma turnê registrada.

A artista está em turnê com A Pele do Futuro desde setembro de 2018, data de lançamento do 40º álbum da carreira. As participações especiais de Maria Bethânia e Marília Mendonça ajudaram a compor a narrativa madura e, ao mesmo tempo, alegre proposta por ela. De acordo com a cantora, os fãs têm comprado a ideia e o disco traz características técnicas que sempre almejou.

— Tem sido muito bonito ver a emoção da plateia. Estou feliz com a repercussão do disco e do show. Esse álbum é muito especial porque eu fiz uma sonoridade que eu sempre sonhei, que era a disco music, com uma estética dos anos 70.

'A Pele do Futuro' é considerado pela crítica como um dos melhores de 2018

'A Pele do Futuro' é considerado pela crítica como um dos melhores de 2018

Divulgação

Com potencial para amenizar a perplexidade, e todos os sentimentos que o noticiário diário pode despertar, Gal acredita que o projeto oferece algum conforto diante das tragédias cotidianas — sejam elas sociais ou políticas.

— É um disco que considero um frescor para um momento como esse, não só no Brasil, mas no mundo. É um álbum maduro, alegre, para tempos sombrios.

Veja também: Gravação inédita revela show que lançou Gil, Caetano, Bethânia e Gal em 1964

As duas apresentações na capital paulista vão contar com um repertório de peso. Canções inéditas do novo trabalho, como Sublime, de Dani Black, e Palavras no Corpo, do capixaba Silva em parceria com Omar Salomão, são alguns dos destaques dos shows, que ainda terão músicas escritas por Gilberto Gil, Nando Reis, Marília Mendonça e Adriana Calcanhoto. Além, é claro, dos grandes sucessos da carreira dela.

Serviço

Quando: Sexta-feira (22) e sábado (23), às 22h
Onde: Casa Natura Musical (R. Artur de Azevedo, 2134 - Pinheiros, São Paulo)
Quanto: Ingressos esgotados