Música Jerry Adriani fala sobre morte de Nelson Ned: "Lamento a forma melancólica como ele terminou a vida"

Jerry Adriani fala sobre morte de Nelson Ned: "Lamento a forma melancólica como ele terminou a vida"

Cantor fala sobre amizade dos tempos de festivais

Jerry Adriani fala sobre morte de Nelson Ned: "Lamento a forma melancólica como ele terminou a vida"

Jerry Adriani lamenta a forma como Nelson Ned morreu

Jerry Adriani lamenta a forma como Nelson Ned morreu

Mary Leal/Agência Brasília

Neste domingo (5), a música brasileira perdeu um de seus grandes nomes. Aos 66 anos, Nelson Ned faleceu com complicações respiratórias deixando os músicos de sua geração bastante comovidos. Um deles, Jerry Adriani, conversou com o R7 sobre a relação que tinha com o cantor e o legado que ele deixa para a música.

Apesar de muito tempo sem ver o cantor e compositor, Jerry se lembra com carinho dos momentos que passou ao lado de Nelson Ned e da última vez que o encontrou.

— Nós nos encontrávamos em programas de televisão e festivais. Ele era um sujeito muito feliz, muito cheio de vida. Sempre que nos encontrávamos, eu brincava com ele e o pegava no colo. Mas da última vez ele já estava bastante abatido e o encontro não foi tão alegre. Deve fazer mais de 10 anos, foi em um aeroporto e ele já estava com complicações na visão.

O cantor comentou ainda sobre o legado que Nelson deixa para a música popular brasileira, que, para ele, vai muito além das melodias que são classificadas como tais.

— Ele é um cantor popular. Foi uma das pessoas de maior importância da música popular brasileira, mas não dessa MPB discriminatória. E era um cantor de MPB de composição mundial, a música dele era cantada por muita gente, por estádios de futebol inteiros. Era uma grande sucesso e está está junto ao Roberto Carlos.

Sobre o momento atual da música, Jerry diz não acreditar que alguém consiga substitui-lo. 

— Não existem cantores que chegam aos pés de Nelson Ned. O espaço dele foi preenchido por um sertanejo romântico que está longe das raízes. Já não há mais espaço e divulgação para a música. Nelson Ned apresentou a canção popular brasileira para fora do país.

Jerry ainda lamenta o fim da vida do cantor.

— Lamento a forma melancólica como ele terminou a vida. Cada um planta e colhe, mas na realidade quem é que pode condenar quem quer que seja. Cada um tem a sua trajetória e conduz como quiser. Só imagino o que deve ter passado na cabeça de Nelson Ned nesses anos de esquecimento.

*Colaborou, Rebeca Tosta, estagiária do R7

Veja também:
Relembre a trajetória de Nelson Ned, dono do grande hit “Tudo Passará”

Aos 66, morre cantor Nelson Ned