Música Nelson Ned teve vida de vícios e excessos: "Muita cocaína, muita champanhe, muita mulherada"

Nelson Ned teve vida de vícios e excessos: "Muita cocaína, muita champanhe, muita mulherada"

Há dez anos, o cantor sofreu um AVC e não conseguiu mais se recuperar

Nelson Ned teve vida de vícios e excessos: "Muita cocaína, muita champagne, muita mulherada"

Nelson Ned morreu neste domingo, 5

Nelson Ned morreu neste domingo, 5

Reprodução/CD

Com problemas de saúde, o cantor Nelson Ned, que morreu neste domingo (5), estava em cadeira de rodas e dependia fisicamente de cuidadores. Cheio de dívidas, o astro perdeu toda a fortuna que conquistou ao longo de muitos anos da carreira de sucesso devido aos vícios e aos excessos, conforme ele mesmo contou em uma entrevista dada à Record, em 2011.

— Me deixei levar pela embriaguez do sucesso. Muita cocaína, muita champanhe Dom Pérignon, muita mulherada e comprei muitos carros, tive três Mercedes-Benz. Lavei a égua com xampu e creme rinse.

Após o AVC que sofreu em 2003, Nelson ficou dependente da família. Não podia mais andar e vivia em cadeira de rodas, conforme contou a irmã do cantor, Neuma.   

— Ele requer cuidados 24 horas. É dependente fisicamente, precisa de cuidados para banho, atividades de vida diária.

No programa Nada Além da Verdade, de Silvio Santos, em 2008, Nelson Ned fez mais revelações. A máquina da verdade, ele admitiu que, "infelizmente", seu filho o odeia e que já usou drogas com pessoas famosas.   

Nelson foi casado duas vezes e teve três filhos, Nelson Junior, Monalisa e Verônica. Os três possuem a alteração genética que fez Ned ter a baixa estatura, a displasia espondiloepifisária.

Emocione-se com a entrevista de 2013 dada a Record