Pop Show de MC Pedrinho é cancelado pelo Ministério Público por conteúdo erótico das letras

Show de MC Pedrinho é cancelado pelo Ministério Público por conteúdo erótico das letras

Se ordem for descumprida, uma multa de até R$ 1 milhão pode ser aplicada

Show de MC Pedrinho é cancelado pelo Ministério Público por conta do conteúdo erótico

MC Pedrinho está proibido de se apresentar no Ceará

MC Pedrinho está proibido de se apresentar no Ceará

Divulgação

O funkeiro MC Pedrinho, de 12 anos, foi proibido pelo Ministério Público do Ceará de se apresentar em Fortaleza no sábado, dia 31 de janeiro.

O promotor de Justiça Luciano Tonet protocolou na tarde de ontem (28) junto à Vara da Infância e Juventude de Fortaleza uma Ação Civil Pública sobre o assunto.

A ação tem caráter liminar e, caso seja desrespeitada, pode acarretar multa de até R$ 1 milhão. O promotor de Justiça argumenta que o adolescente de 12 anos conhecido pelo hit Dom Dom Dom, se apresenta com repertório musical dotado de nítida “conotação sexual, alto teor de erotismo, pornografia, baixo calão e todo tipo de vulgaridade, incompatíveis com a condição peculiar de pessoa em desenvolvimento”

Com o objetivo de resguardar os direitos da criança e do adolescente, Luciano Tonet solicita ainda que a Procuradoria da República em São Paulo, local da residência do adolescente, seja avisada para adotar providências. O promotor de Justiça alerta sobre os danos que shows com esse tipo de repertório podem causar aos adolescentes, pois Mc Pedrinho “acaba por servir de modelo aos demais”.

Procurado pela nossa reportagem, o empresário de MC Pedrinho, Juninho Love, anunciou que não se pronunciaria sobre o caso.

Aos 12 anos, MC Pedrinho se lançou cantando funk proibidão, mas nunca beijou na boca 

Com uma média de 30 shows por e faturando cerca de R$ 150 mil pelas apresentações, MC Pedrinho afirma que escolheu ser funkeiro não só pela visibilidade do gênero atualmente, mas porque sempre gostou do pancadão de artistas como Bonde do Tigrão e Marcinho. O músico diz que, apesar de ter começado cantando proibidão, pretende mudar o rumo da carreira e se aproximar do trabalho de gente como MC Gui.

Funkeiro está faturando R$ 150 mil por mês, mas vai pegar leve na letras por causa da idade