R7 Diversão Pregador Luo volta ao rap após crise: "Estou vencendo a depressão"

Pregador Luo volta ao rap após crise: "Estou vencendo a depressão"

Rapper paulistano pegou os fãs e amigos de surpresa ao anunciar nas redes sociais que estava em tratamento contra a doença

Pregador Luo volta ao rap após crise: "Estou vencendo a depressão"

Luo: "Recebi milhares de mensagens de pessoas que sofrem de depressão"

Luo: "Recebi milhares de mensagens de pessoas que sofrem de depressão"

Edu Garcia/R7

Pregador Luo prepara a volta aos palcos após meses sofrendo com depressão. O rapper, que recentemente surpreendeu ao anunciar a crise publicamente nas redes sociais, diz que ainda não está totalmente curado. Mesmo assim, Luo tem vencido a grave doença dia após dia, com a ajuda da esposa e empolgado em compor novamente. 

O R7 encontrou Pregador Luo no Parque Ibirapuera, na zona sul da capital paulista. O local foi escolhido pelo próprio artista, que preferiu conversar sobre o assunto "pesado" em um lugar tranquilo e bucólico.

Luciano dos Santos Souza, mais conhecido como Luo, está prestes a completar 42 anos em 28 de julho. De agasalho preto, tênis branco e óculos escuros, ele chega acompanhado da esposa, Alessandra, e seu vozeirão ecoa um "boa tarde" para a equipe. Os dois são casados há 22 anos. Ela também faz parte integral da vida artística do compositor, trabalhando no escritório do selo independente 7 Taças. Foi Alessandra que agendou a entrevista exclusiva, após semanas refletindo sobre o momento certo do cantor se manifestar após a postagem dramática.

Rap do bem

O rapper e produtor está comemorando 30 anos de carreira. Um dos fundadores e vocalistas do Apocalipse 16, Luo partiu para o trabalho solo em 2003. Dentro do gênero, o compositor se destacou não só pelas letras de protesto como pelo fato de ser religioso. Daí, o "pregador" do nome. Dessa forma, o compositor se manteve longe de assuntos como ostentação, sexo e drogas. E deu certo. Ele lançou ao todo 16 CDs e 2 DVDs, que venderam mais de 1 milhão de cópias. 

— Gosto de passar minha mensagem sobre respeito sem uma vida promíscua. Outro dia participei de um evento para cerca de 15 mil pessoas no centro de São Paulo. Naquele momento, notei que muitas pessoas da plateia estavam bebendo e usando drogas. Pensei: "O rap não nasceu com esse propósito, é o contrário..." Então, pedi licença e fiz um discurso positivo para o público. Achei que iam me vaiar de careta, porém, eles ouviram e até aplaudiram. As pessoas precisam de luz.

Pregador Luo: "Desejo muita luz e amor para todos"

Pregador Luo: "Desejo muita luz e amor para todos"

Edu Garcia/R7

Entre os fatores benéficos que Luo gosta de exaltar, além da religião, estão as artes marciais. Ele já praticou judô, jiu-jitsu e MMA. Só parou de treinar após uma lesão na coluna, há quatro anos.

O amor pelo esporte foi traduzido no CD Música de Guerra (2008), onde ele compôs faixas para lutadores como Vitor Belfort, Anderson Silva, Rogério Minotouro, Wanderlei Silva e Mauricio Shogun.

"Quando souberam da depressão, muitos fãs e amigos priorizaram minha vida, não só a carreira"
Pregador Luo

E, em breve, ele vai lançar clipes que gravou nos Estados Unidos. Um deles foi registrado no ano passado, em San José, na Califórnia, durante o campeonato de artes marciais Bellator MMA.

— Entrei cantando ao lado de Patrick Pitbull no estádio do Sharks SAP Arena. Sempre acompanhei os campeonatos no Brasil e fora do País, assistindo ou fazendo participações especiais.

Pregador Luo comemora 30 anos de carreira

Pregador Luo comemora 30 anos de carreira

Edu Garcia/R7

Depressão

Com tantos fatores positivos no currículo, Luo chocou os fãs ao relatar nas redes sociais, há pouco mais de um mês, que estava sofrendo de depressão. 

— Fiquei emocionado com a repercussão do post (com mais de 88 mil visualizações). Fãs e amigos me deram força dizendo que estavam sentindo minha falta. E, além disso, percebi que muitos priorizaram minha vida, não só a carreira. Recebi milhares de mensagens de pessoas que sofrem de depressão por diversos motivos. Servi de exemplo para muitos deles, que me usaram para mostrar para a sociedade que isso não é frescura.

Luo faz letras positivas, sem deixar de lado o protesto

Luo faz letras positivas, sem deixar de lado o protesto

Edu Garcia/R7

O cantor relembra como a doença apareceu.

— É algo que vem sendo gerado e, em certo momento, é despertado por algum gatilho que faz desmoronar a avalanche. Sempre fui um cara melancólico, introspectivo e, de vez em quando, passava por crises. Porém, não era nada que me tirasse completamente do ar. Daí, no final do ano passado, comecei a ficar muito mal. Não queria levantar da cama, não comia e esqueci completamente da música. Saí pouquíssimas vezes de casa e nem fiz shows. Entrei em um estado quase vegetativo.

"Pensava em me matar, mas refletia sobre a família e o legado que construí falando da vida"
Pregador Luo

Luo diz que Alessandra detectou a mudança brusca em seu comportamento.

— Como ela me conhece muito bem, além de ter formação em psicologia, reparou que eu estava doente. Eram momentos de "sobe e desce", que iam da euforia a tristeza. Primeiro, eu fiquei irritado quando ela tentou me levar ao psicólogo. A gente não percebe, então não quer ser tratado.

A esposa Alessandra é companheira na vida e na carreira artística de Luo

A esposa Alessandra é companheira na vida e na carreira artística de Luo

Edu Garcia/R7

Destino eterno

Sem reconhecer que estava depressivo, o rapper quase foi nocauteado pela doença. Ele confessa que a esposa já estava temendo o pior.

É uma dor tão grande, que você quer "ir embora". Pensei em me matar várias vezes, mas refletia sobre a família e no legado que construí falando da vida. Com medo do que eu poderia fazer o pior, minha mulher jogou fora minha arma. Graças a Deus, eu tenho uma religião que fala do "destino eterno" das pessoas. E não acredito que o suicida vá para o inferno. Existe todo um cuidado com eles. Isso não é só um ato de covardia. Também não é bravura, é tolice, mas o doente não consegue distinguir isso.

Alessandra foi muito importante na recuperação de Luo

Alessandra foi muito importante na recuperação de Luo

Edu Garcia/R7

Com a saúde mais estabelecida, o artista tenta entender quais seriam os motivos para entrar em crise.

A depressão também pode ser hereditária. Tive uma relação difícil com meu pai, porque ele não procurava tratamento, era um cara muito difícil de conviver. Bebia muito e se transformou em um crápula para mim. Fiquei traumatizado. Sai de casa cedo, voltei, fui para a rua novamente. Do outro lado, vi amigos morrendo ou sendo presos. Morei de favor, dormi no chão... Passei muitos perrengues, inclusive, para correr atrás do sonho de ser rapper.

Pregador Luo prepara volta aos palcos após crise de depressão

Pregador Luo prepara volta aos palcos após crise de depressão

Edu Garcia/R7

Recuperação

No momento, Luo está em fase de tratamento, sendo medicado e voltando aos poucos a normalidade.

— É difícil, mas quase 10 meses após a depressão, estou bem melhor. E ficarei forte porque, se vacilar, isso me derruba novamente.

Pregador Luo quer mostrar o que passou através da música

Pregador Luo quer mostrar o que passou através da música

Edu Garcia/R7

Cheio de planos, o cantor vai lançar este ano o DVD da turnê do álbum Retransmissão (2017). O registro ao vivo tem as participações de Rashid, KLB, Mauro Henrique (Oficina G3) e outros.

— O dia a dia está sendo duro, pois ainda estou em processo de recuperação. Agora, quero voltar a vida comum: treinar, ler, passear com os cachorros e compor. E já abri a agenda de shows novamente. Sei que vou vencer a doença.

Compositor talentoso, Pregador Luo diz que pretende mostrar o que passou por meio da música.

— Não posso esconder ou criar um personagem dentro da minha trajetória. E tudo é um grande aprendizado. Vou usar isso para construir uma história vencedora, que vai tocar os corações das pessoas. Desejo muita luz e amor para todos.

    Access log