Keila Jimenez Nany People deve viver transsexual do mal em novela da Globo

Nany People deve viver transsexual do mal em novela da Globo

Sai Renata Sorrah e entra a drag queen Nany People na pele da polêmica personagem trans de "O Sétimo Guardião"

Nany People deve fazer sua primeira novela

Nany People deve fazer sua primeira novela

Reprodução

Nem Renata Sorrah, nem Paulo Gustavo...

O polêmico papel de uma transsexual do mal em "O Sétimo Guardião", próxima novela das 21h da Globo, deve ficar com uma drag queen profissional.

Sim. Depois de muitos atores cotados para viver o personagem, que será uma vilã na trama de Aguinaldo Silva, a drag, atriz e humorista Nany People deve conquistar o papel.

O KTV apurou que o nome de Nany foi uma indicação do chefão da dramaturgia da emissora, Silvio de Abreu, e ela já aparece na lista do elenco escalado para o folhetim.

A escalação de Nany People não é unanimidade na Globo, pois muitos acreditam que ela em si já é um personagem.

O autor Aguinaldo Silva queria mesmo era ver sua eterna Nazaré Tedesco, no caso, Renata Sorrah, vivendo a mulher trans da novela. Não deu certo.

Paulo Gustavo chegou também a ser cotado para o papel.

Batizado de Marcos Paulo Pionowiski, a personagem de Nany é uma transsexual (pessoa que nasceu homem, mas se identifica como sendo do gênero feminino) que se produz e age como um mulher. No entanto, Paulo se recusa a usar um nome feminino ou assumir papéis de discriminada e coitadinha. 

Aos 52 anos, Nany, que na verdade se chama Jorge Demétrio Cunha Santos, já foi apresentadora, repórter e participou de diversos programas de TV, entre eles, "Hebe", Comando da Madrugada", "A Fazenda", "A Praça É Nossa", entre outros...

Já fez cinema, teatro, séries, humorísticos, mas "O Sétimo Guardião" será a sua primeira novela.

Procurada, a Globo ainda não comentou o assunto.

    Access log