Boechat
Odair Braz Jr Corajoso, Ricardo Boechat dava show também no rádio

Corajoso, Ricardo Boechat dava show também no rádio

Apresentador da Band morreu numa queda de helicóptero em São Paulo nesta segunda-feira (11)

Boechat em seu programa na Band News FM

Boechat em seu programa na Band News FM

Reprodução/Facebook

Infelizmente o jornalismo perdeu nessa segunda (11), de maneira totalmente inesperada, Ricardo Boechat. Ele está sendo, como deve ser, altamente celebrado por ser um grande jornalista e também por sua atuação na TV. É certo que sua atuação no Jornal da Band é respeitabilíssima, mas também não dá para deixar passar batido seu trabalho na rádio.

Ouvi-lo na Band News FM, no seu próprio carro ou no táxi, sempre era algo especial. Tudo bem, você podia até não concordar com tudo o que ele dizia e defendia, mas que era muito bom ouvir o que dizia, isso era. No rádio ele tinha uma liberdade maior, dava mais opiniões que na TV e aí o bicho pegava.

Boechat, quando tinha de falar algo, não poupava ninguém. Soltava o verbo sem dó, detonava quem tinha de ser detonado. Fosse político, jogador de futebol, artista. Para ele não importava. Sua capacidade de persuasão era enorme e ele, muitas vezes, conseguia convencer quem o estivesse ouvindo. Mesmo que você não concordasse totalmente, sentia que havia um fundo de verdade ali. Que o que ele estava falando não era uma bobagem qualquer, não era um blábláblá. Suas reclamações, queixas, brigas e broncas eram distribuídas com muita fúria, mas também com humor e irreverência. Tudo isso eram marcas dele.

Esse estilo fez com que o jornalista colecionasse processos por todos os lados. Especialmente de políticos. Mas pensa que Boechat ficava quieto ou se deixava abater? Nada disso. Seguia sempre falando abertamente, especialmente na rádio, tudo o que pensava sobre determinado assunto. Colecionou adversários e nunca baixou a cabeça. Como, aliás, deve ser o jornalismo.

Para a tristeza geral, foi esse tipo de profissional que o Brasil perdeu hoje. Uma pena.

    Access log