Odair Braz Jr Em vez de demitir, Faustão tem que acabar de vez com seu balé

Em vez de demitir, Faustão tem que acabar de vez com seu balé

Atração está no Domingão desde seu início, mas já virou um elemento completamente ultrapassado e sem sentido; Chegou a hora de mudar

Balé do Faustão é uma instituição que tem que acabar

Balé do Faustão é uma instituição que tem que acabar

Foto: Divulgação

Leio no post da minha colega Keila Jimenez que a Globo promoveu a demissão em massa de dançarinas do famoso balé do Faustão. Onze delas foram mandadas embora nessa semana (os detalhes estão no blog da Keila), mas o ideal mesmo, de verdade, é que todas saíssem do programa para sempre.

Calma. Nada contra as meninas, que dançam muito bem, inclusive. Acontece que já passou da hora do Domingão acabar com esse balé. É verdade que esta “instituição” existe no programa desde o seu início e vem encantando gerações. Em suas fileiras já tivemos até Sabrina Sato e Aline Riscado que, de lá, saíram para o estrelato. Mas vamos combinar que já foi o tempo disso daí, né?

Esse balé é a velha ideia machistinha de ter mulheres rebolando, coisa amplamente usada na TV brasileira desde sempre. Já tinha no Chacrinha, Bolinha, Raul Gil, Silvio Santos, Barros de Alencar, Luciano Huck e por aí afora. Nos últimos tempos o uso dessas dançarinas vem diminuindo nas atrações de TV, mas o balé do Faustão continua “imexível”. Tanto é que tem até fãs envolvidos na coisa, as meninas viram celebridades na internet, têm milhares de seguidores e por aí vai.

E nem adianta vir falando que estou querendo que as dançarinas aumentem a fila de desempregados. Nada disso. É bem possível usar as habilidades delas em outros momentos do programa, como na Dança dos Famosos, Show dos Famosos, abrilhantando uma ou outra atração musical, entre outras atividades que nem precisam ficar presas dentro do Domingão, aliás. Há outros programas na casa.

Então, que esta fase de demissões sirva para a equipe do programa repensar um pouco esse balé. Passou da hora de acabar com essa coisa jurássica.