Samantha Ayara, vencedora do The Voice Brasil, vai desaparecer em quanto tempo?

Ela venceu o reality da Globo

Ela foi a vencedora da nova temporada do reality
Ela foi a vencedora da nova temporada do reality Reprodução/Globo

Samantha Ayara bateu a concorrência e conquistou o título desta temporada do The Voice Brasil, que acabou nesta quinta (21). Mas o que significa exatamente vencer esse reality ou qualquer outro de música? Bem, ela vai receber R$ 500 mil, gravará um disco e terá um videoclipe. É um bom prêmio, claro. Fora toda a exposição que conseguiu durante três meses aparecendo na TV, o que deve também garantir a ela a contratação para shows. E é isso? Bem provável que sim.

Raramente, seja no Brasil ou no exterior, um vencedor desse tipo de reality consegue uma carreira de verdade. Daquelas em que a pessoa vira um artista de verdade, com lançamento de discos regularmente, turnês e uma carreira longeva. É um fenômeno que se repete sempre. Dá para contar nos dedos, talvez de uma mão, cantores que se mantiveram ativos após ter sucesso num reality. Um exemplo de quem se deu bem é o de Chris Daughtry, que não chegou a vencer o American Idol de 2006. O cara realmente é bom e continua vivendo de música até hoje. Já lançou quatro álbuns, sendo que o último deles é de 2013. Mas Daughty é um caso raro.

No Brasil, a coisa é ainda pior. Já rolaram vários realitys musicais por aqui como Fama, Ídolos, Popstar, entre outros. De todas estas versões, não saiu nenhum cantor com poder suficiente para se manter na mídia. Até há alguns que vivem de música, mas cantando em bares, lugares pequenos e lançando discos de forma independente.

E isso tudo não tem nada a ver com o talento das pessoas. Samantha Ayara, que acaba de ser a campeã do The Voice Brasil, canta muito bem, tem ótima voz e tudo o que é preciso para ser uma artista de verdade. O futuro vai dizer se ela terá forças para se manter na carreira musical, mas as chances não são boas. O mercado de música hoje é bem complexo e é muito difícil emplacar um hit. Além disso, há um preconceito nítido com quem sai de um reality, seja ele musical ou algum BBB da vida. A impressão que dá é que aquela pessoa está ali por uma imposição. É só ver o que Grazi Massafera sofreu ao ingressar na carreira de atriz. Foi desacreditada diversas vezes. O mesmo vale para quem sai de um reality musical.

Samantha deveria fazer sucesso. Merece. Mas o caminho não é nada fácil. O normal é que ela desapareça em alguns meses de qualquer programa de TV. Não é nada legal isso, mas é o que acontece. Quebrar essa regra será uma novidade. Ainda mais em nosso país.