TV e Entretenimento 'Câmera Record' explica como aplicativos utilizam dados pessoais

'Câmera Record' explica como aplicativos utilizam dados pessoais

Nesta semana, as redes sociais foram invadidas com fotos de pessoas envelhecidas por app, que ao fazerem isso, deram acesso a informações 

'Câmera Record' explica como aplicativos utilizam dados pessoais

Marcos Hummel comanda o 'Câmera Record'

Marcos Hummel comanda o 'Câmera Record'

Edu Moraes/Record TV

Nesta semana, as redes sociais foram invadidas com fotos de pessoas envelhecidas por um efeito de aplicativo. O Câmera Record deste domingo (21) relata como os usuários, ao fazerem isso, deram acesso a seus dados sem saber.

Além da brincadeira, que reuniu famosos e anônimos na internet, a ferramenta passou a receber informações valiosas das pessoas, com a possibilidade de compartilhá-las.

"Li a política de privacidade e descobri que armazena histórico de navegação, localização e compartilha com terceiros, inclusive autoridades", relatou a internauta Luciane Aquino. "E um detalhe: é uma ferramenta de inteligência artificial que casa os seus dados com o seu rosto", continuou ela.

E não é só o aplicativo de envelhecimento que coloca em risco as informações pessoais. O programa mostra outras armadilhas digitais, explica o que ocorre com os dados que são compartilhados nas redes sociais e o que as gigantes da internet sabem sobre os usuários.

O Câmera Record vai ao ar aos domingos, logo depois do Domingo Espetacular, às 23h15.