TV e Entretenimento Câmera Record fala com acusado de comandar chacinas no Pará

Câmera Record fala com acusado de comandar chacinas no Pará

Grileiro teria contratado quatro pistoleiros para matar a defensora do meio ambiente Dilma Ferreira Silva

Câmera Record fala com acusado de comandar chacinas no Pará

Programa vai ao ar logo após o 'Domingo Espetacular'

Programa vai ao ar logo após o 'Domingo Espetacular'

Divulgação

Acusado de ser o mandante de duas chacinas no Pará que repercutiram no Brasil e no mundo, Fernando Rosa Filho fala pela primeira vez com exclusividade ao Câmera Record.

Segundo a investigação, o grileiro contratou quatro pistoleiros para matar a defensora do meio ambiente Dilma Ferreira Silva. O marido e um colega da família também foram mortos na emboscada, em um bar na cidade de Baião, sudoeste do Pará.

Horas antes, os pistoleiros já haviam executado com tiros na cabeça três funcionários da fazenda de Fernando. Em seguida, eles carbonizaram os corpos.
"Por que eu mataria Dilma? Eu nem a conhecia", responde.

Mas não é o que diz a polícia. Nem os documentos que o programa jornalístico da Record TV teve acesso.

Mas quais os motivos para tanta barbárie? E qual a relação entre os crimes? É que você vai ver na reportagem especial dos jornalistas Rogério Guimarães, Tarcísio Badaró, Leopoldo Moraes e Fabíola Corrêa neste domingo (26), logo depois do Domingo Espetacular.