TV e Entretenimento Cocielo é acusado de racismo após piada com jogador francês

Cocielo é acusado de racismo após piada com jogador francês

YouTuber disse que com a velocidade de Mbappé ele poderia fazer um "arrastão top na praia"; post no Twitter foi deletado 

Brincadeira racista de Cocielo

Cocielo disse que não teve intenção de ofender

Cocielo disse que não teve intenção de ofender

Reprodução/Instagram

Júlio Cocielo foi acusado de racismo pelos internautas após fazer uma piada sobre Kylian Mbappé, jogador da seleção da França, que disputou as oitavas de final da Copa do Mundo contra a Argentina neste sábado (30).

O youtuber comentou a arrancada rápida que o craque, que é negro, deu no meio do campo até a cara do gol durante o jogo. "Conseguiria fazer um arrastão top na praia", escreveu.

Ele apagou a piada depois de ser criticado por internautas

Ele apagou a piada depois de ser criticado por internautas

Reprodução/Twitter

Logo após publicar a mensagem, Cocielo apagou o post, mas recebeu críticas de seguidores que disseram que a piada foi de mau gosto e de cunho racista. "Racismo velado é isso! Branco correndo é atleta, negro correndo é assalto", escreveu um internauta. "Ele poderia comparar a velocidade de Mbappé com a de Usain Bolt. Mas não, preferiu ser racista", alfinetou outro.

Alguns internautas ainda relembram da polêmica envolvendo a namorada do influencer, Tata Estaniecki, por conta da fantasia que ela usou em "homenagem aos escravos" no Baile da Vogue.

Por meio de sua assessoria de imprensa, Cocielo explicou que não tinha a intenção de ofender ninguém e justificou que estava se referindo a velocidade do jogador na hora do lance. "Ele faria o mesmo comentário se fosse uma pessoa branca ou uma pessoa negra, ele fez uma brincadeira sobre a velocidade que o cara correu. Ele costuma brincar com as coisas da Copa, está sempre fazendo isso na internet. Estamos tranquilos com relação a isso, não teve cunho racista", declarou a porta voz de Cocielo.