TV e Entretenimento 'É bom poder se libertar da escravidão da beleza!', diz Xuxa

'É bom poder se libertar da escravidão da beleza!', diz Xuxa

Após a badalada final do 'The Four Brasil' na Record TV, apresentadora deu um passo gigante em sua carreira empresarial

'É bom poder se libertar da escravidão da beleza!', diz Xuxa

Xuxa falou sobre a cobrança pela juventude eterna

Xuxa falou sobre a cobrança pela juventude eterna

Edu Garcia/R7

Sócia da Espaçolaser, maior rede de depilação a laser do mundo, Xuxa inaugurou nesta quinta-feira (28), em São Paulo, a Universidade Corporativa do Laser. Ganhou até um bolo de aniversário de seus sócios.

Para Xuxa, o conceito de beleza mudou muito, mas ela acredita que cabelos e pelos ainda rendem uma verdadeira escravidão para as mulheres.

“Eu vi a mudança do conceito de beleza ao longo dos anos. Gosto muito da beleza natural, como a da Sasha, mas é meu gosto”, diz Xuxa, que acaba de completar 56 anos.

“Nós ainda perdemos muito tempo alisando cabelos, raspando os pelos. É bom se libertar da escravidão de alguns rituais de beleza. Essa empresa proporciona isso”, afirma ela.

Animada com a expansão do negócio, Xuxa fala sobre a cobrança pela juventude eterna e de como lida com isso. Diz que aos 60 anos se sente livre par ser como quiser ser.

“Eu sou muito cobrada pela imagem, esse é o preço de ser uma pessoa pública. Não me importo com a cobrança, mas com a insatisfação das pessoas. As pessoas reclamam. Eu estou e vou ficar cada vez mais velha”, fala Xuxa.

“Não sou contra plástica. Não faço mas não quer dizer que nunca irei fazer. Elas têm de fazer o que as fazem felizes. Mas com os 60 por aí quero é fazer o eu quero, o que me faz feliz”, revela ela.

Xuxa ressalta ainda que essa segurança e liberdade com relação à imagem foi uma conquista que veio com a idade.

“Eu não me achava bonita quando era modelo. Depois, na TV, eu comecei a me arrumar e aparecer como as pessoas queriam me ver, pensava na imagem que foi construída, o que elas esperavam ver em mim ”, conta ela.

“Hoje eu estou bem resolvida. Me sinto feliz como estou e é isso. Foi um processo longo. A Amiguinha Xuxa dos anos 80 não volta. As pessoas não entendem isso. Mas elas estão livres para procurarem uma pessoa mais jovem, sem ruguinhas, para serem fãs”, diz Xuxa.