Familiares de finalistas defendem por que cada um deve ganhar

Final de A Fazenda - Nova Chance acontece nesta quinta-feira (7)

Flávia, Marcos e Mateus são os finalistas
Flávia, Marcos e Mateus são os finalistas Divulgação/Record TV

Depois de quase três meses no ar, A Fazenda - Nova Chance chega a sua grande final nesta quinta-feira (7). Na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão estão Flávia Viana, Marcos Härter e Matheus Lisboa. A poucas horas do anúncio do vencedor, escolhido em votação pelo público, os familiares dos finalistas revelaram como está a expectativa e defenderam por que cada um deve ganhar.

Alexandre Viana, primo de Flávia, brinca ao falar do clima na casa da peoa.

— Dormir virou luxo, o que é dormir? [risos]. Tá muito corrido! A gente tá votando intensamente, colocou a família inteira pra votar.

Os familiares ainda ganharam uma ajuda extra na votação, de ninguém menos do que Marcelo Zangrandi. O ex-peão e namorado da dançarina está a todo vapor nos mutirões. 

— No primeiro momento que a Flávia entrou na roça, ele já me mandou mensagem. Ele disse: "Vamos lá, vamos fazer mutirão, separa uns horários pra mim...". Ele é uma pessoa incrível, tivemos a oportunidade de conhecer ele, é um gentleman.

Para o primo da peoa, o jeito alegre e espontâneo a ajudou a chegar à final do programa. 

— Acho que ela conquistou as pessoas. Acho que esse carinho que ela demonstrou pelos amigos, ela ter se mostrado totalmente verdadeira o durante o jogo inteiro, as pesosas viram a essência dela. Ela merece ganhar não só porque precisa do prêmio, mas por ter sido ela mesma.

Alexandre também revela a promessa que Flávia fez antes de entrar no confinamento, caso saísse vencedora.

— O sonho dela é comprar um apartamento com a filha, a Sabrina. Ela prometeu que ela ia doar 10% do valor do prêmio para alguma ONG ou instituição, algum lugar que realmente precise. 

A mãe de Marcos, Dona Enilda Härter, também avalia o comportamento do filho no jogo e diz os motivos pelos quais ele merece ser o campeão.

— Por ser verdadeiro, responsável, honesto e trabalhador.

A família, apesar de pequena, conta com o apoio de amigos para angariar votos. Confiante, Dona Enilda diz o que uma possível vitória representaria para os familiares. 

— Com certeza ficaremos felizes, temos muito orgulho dele e será uma grande realização!

Dona Socorro Lisboa, mãe de Matheus, garante estar tranquila com a final.

— Estou votando muito, claro, mas entreguei para Deus, que seja feita a vontade do Pai. Não peço nada, só agradeço.

Para a matriarca, o filhão se destacou por conta da boa convivência com os peões e sua garra e determinação nas provas.

— Juntou tudo um pouco. Desde menino, ele semrpe gostou muito de fazer as coisas bem-feitas. E as provas foram muito bem-elaboradas... acho que quem ganhar vai ser muito merecido. Eu sofri muito, chorei, é complicado. Mas to feliz, com muita saudade, não vejo a hora de dar uma abraço nele.

Mãe coruja, Dona Socorro lista as qualidades de Matheus que o fazem ser merecedor do prêmio.

— Ele saiu de casa muito cedo, aos 13 anos, sempre batalhou muito. Graças a Deus, é um menino que nos deu muita alegria, é muito esforçado. Ele não fingiu em momento algum [no programa], tudo é verdade, é dele. Então, valeu!