TV e Entretenimento Morte de Beatriz Segall foi causada por problemas respiratórios

Morte de Beatriz Segall foi causada por problemas respiratórios

A atriz de 92 anos, eternizada pelo papel de Odete Roitman, em "Vale Tudo" (1989), estava internada no Hospital Albert Einstein, onde será velada

Morte de Beatriz Segall foi causada por problemas respiratórios

Beatriz Segall morreu aos 92 anos, em São Paulo

Beatriz Segall morreu aos 92 anos, em São Paulo

Reprodução/YouTube

Beatriz Segall morreu na manhã desta quinta-feira (5), em São Paulo, devido a problemas respiratórios. A informação foi confirmada pela assessoria da atriz, que estava internada no hospital Albert Einstein.

O velório está previsto para começar às 19h, no próprio hospital, e o corpo vai ser cremado na quinta-feira (6). Não haverá enterro.

Em agosto, Beatriz Segall chegou a ficar internada também no Einstein, mas havia recebido alta em 21 de agosto. Na ocasião, não foi divulgado o motivo. Mas pouco antes disso, ela havia enfrentado um quadro de pneumonia. No início de 2018, a atriz sofreu uma queda no apartamento onde morava, em São Paulo. 

Beatriz Segall nasceu no dia 25 de julho de 1926, no Rio de Janeiro. Ainda na infância, teve uma educação elaborada para a época e recebeu aulas de francês, piano e costura. 

A paixão pelo teatro começou ainda na escola. Em 1950, começou a carreira assim que ganhou uma bolsa para estudar teatro em Paris. Na capital francesa, conheceu o marido, Maurício Segall, filho do pintor judeu lituano Lasar Segall. Juntos, tiveram três filhos.

Beatriz como Bárbara, em "Bicho do Mato"

Beatriz como Bárbara, em "Bicho do Mato"

Munir Chatack/ Divulgação/RecordTV

Beatriz Segall teve uma longa carreira na TV Globo, tendo participado das novelas Pai Herói (1979), Água Viva (1980), Champagne (1983), entre outras. Mas foi Odete Roitman, de Vale Tudo (1988), que deu a ela o "título" de uma das maiores vilãs da história da teledramaturgia. Após o assassinato da personagem, a pergunta "quem matou Odete Roitman?" rodou o Brasil e até hoje é lembrada pelos fãs. A atriz chegou a dizer que o sucesso da vilã foi tão grande que ofuscou outras personagens vivias por ela na televisão após Vale Tudo

Na RecordTV, ela interpretou a personagem Bárbara na novela Bicho do Mato (2006) e fez uma participação especial em Prova de Amor (2005). 

Por meio de nota, a emissora lamentou o falecimento da atriz: "Expressamos nossas condolências aos familiares, amigos e admiradores do trabalho desta profissional que ajudou a escrever a história da televisão brasileira".

Beatriz também fez carreira no cinema, tendo participado de pelo menos dez produções, como À Flor da Pele (1976), O Cortiço (1978) e Família Vende Tudo (2011). A última aparição da atriz na TV foi na série Os Experientes, em 2015, na Globo, no episódio Assalto, em que interpretou a personagem Yolanda.