Naldo terá que se apresentar à Justiça após condenação

Cantor foi sentenciado a uma pena de 4 meses por agredir a mulher, Ellen Cardoso, com socos, tapas e puxões de cabelo, em dezembro de 2017

Naldo vai se apresentar mensalmente à Justiça após condenação

Naldo Benny foi denunciado pela própria mulher, Ellen Cardoso

Naldo Benny foi denunciado pela própria mulher, Ellen Cardoso

Reprodução/Instagram

Naldo Benny vai ter que se apresentar mensalmente à Justiça após ser condenado no último dia 30 pela juiza Ana Paula Melduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá. O cantor recebeu pena mínima pelos dois crimes aos quais foi denunciado (lesão corporal decorrente de violência e ameaça) por agredir a mulher, Ellen Cardoso, em dezembro de 2017. A informação foi confirmada por Elizabeth Medeiros, advogada do artista por meio de nota.

"O canto Naldo Benny compareceu à audiência, onde o mesmo tomou ciência da determinação do Juiz. Nessa diretriz, Naldo faz jus ao benefício de suspensão da execução da pena, o Juiz  determinou que ao invés de cumprir a pena de quatro meses, ele deveria comparecer em juízo mensalmente para justificar suas atividades, avisar quando ficar mais de 30 dias fora da Comarca do Rio de Janeiro. Vale ressaltar que essas determinações já estão sendo cumpridas pelo meu cliente".

Cantor vai se apresentar mensalmente à Justiça

Cantor vai se apresentar mensalmente à Justiça

Reprodução/Instagram

O benefício de suspensão da execução da pena se deu porque a condenação do cantor é de menos de dois anos de detenção e porque ele não é reincidente.

Em dezembro do ano passado, Ellen Cardoso foi à polícia prestar queixa de agressão contra o marido. Em depoimento, a ex-dançarina contou que cantor teria a agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes. Ela, inclusive, passou por exame de corpo de delito.

Na ocasião, Naldo disse que estava arrependido e iria lutar pela família. Três meses após o ocorrido, Ellen perdoou Naldo e eles reataram o casamento.

    Access log