Simeão Mundula faz sucesso na web após estreia de JR África

Apresentador conta que os telespectadores se identificaram com telejornal angolano e comemora novo desafio na TV

Mundula tem recebido carinho do público na web

Mundula tem recebido carinho do público na web

Simeão Mundula abraçou a chance de representar os angolanos à frente de um telejornal feito para a população local. No comando do JR África, exibido às 19h na RecordTV em Angola, o jornalista comemora a oportunidade. 

— É realmente um desafio, ainda novo, e carregado de muita responsabilidade. Mas é um desafio que eu gosto, por isso mesmo que abracei. O jornal estreou tem três dias e agora vamos em frente, pra aprender e seguir adiante... estou muito feliz.

Mundula afirma que não só ele está satisfeito com o telejornal, como também o público que tinha uma necessidade de assistir a um programa feito por angolanos para angolanos.

— Quando a RecordTV fez a proposta e colocou um rosto angolano, o povo acabou recebendo bem o projeto. A população acaba por se envolver com o programa, porque o tipo de jornalismo da RecordTV é feito pro povo, ele dá voz à população, o povo aparece. E quando o rosto [do apresentador] também é um rosto que a população se identifica, a receptividade acaba sendo maior.

Essa repercussão positiva tem se refletido nas redes sociais do apresentador, que estão bombando.

— Acabei de receber um monte de mensagens por causa da edição de hoje [quinta-feira], pedidos de amizade... aqui a gente fala que isso é uma coisa espetacular, tá um show! [risos]. As pessoas dizem que estão gostando do nosso projeto, que a dinâmica está boa, mandam parabéns. Isso me ajuda, me faz bem. 

Encontro com Rodrigo Faro

Dias antes do lançamento do JR África, o apresentador brasileiro esteve em Angola para participar da festa de lançamento do telejornal como meste de cerimônias. Mundula fala sobre o encontro com Faro, a quem ele é só elogios.

— Foi muito emocionante conhecer o Rodrigo Faro, uma coisa muito marcante. Até guardei comigo as fotos que tiramos juntos. Foi um momento histórico também pra população, porque ele faz muito sucesso aqui, ele é muito simpático, trata muito bem as pessoas. Ele teve o privilégio de sentir como é querido em Angola. 

    Access log