Falando de Viagem Roterdã • The James Rotterdam: um hotel boutique na melhor localização de Roterdã

Roterdã • The James Rotterdam: um hotel boutique na melhor localização de Roterdã

O hotel, inaugurado em 2018, é pequeno e intimista, com ótima localização.

O hotel, inaugurado em 2018, é pequeno e intimista, com ótima localização.

Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Visão geral

O The James é um hotel boutique localizado em Roterdã, na Holanda. Ele é um hotel independente, ou seja, não está associado às grandes redes e tampouco faz parte de selos conhecidos da hotelaria, mas tem na sua localização, charme e conforto o seu grande trunfo. Na teoria, ele é um hotel de 3 estrelas, mas definir ele como 3 estrelas não é muito bom, pois acaba passando uma impressão errada. Inaugurado em 2018, o hotel está novinho em todas as suas áreas.

Leia também: 10 passeios imperdíveis em Roterdã

Ao chegarmos, a entrada é bem simples, assim como o lobby, que é mais um local de passagem, mas tem algumas poltronas para você usar. A recepção, com duas funcionárias, faz os procedimentos burocráticos rapidamente. Por ser um hotel econômico, não há muitos serviços, como carregador de malas, serviço de quarto e restaurante.

Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


A localização é boa?

Excelente! Ele está localizado no coração da cidade, ao lado de lojas e restaurantes, então você vai fazer praticamente tudo andando. Como em Roterdã você vai passar apenas um ou duas noites, a localização faz toda a diferença, então definitivamente não tem lugar melhor para ficar do que nessa região. Você estará perto, por exemplo, das seguintes ruas: Coolsingel, Meent e Lijnbaan.

Clique aqui para reservar o seu hotel, com os melhores preços e cancelamento grátis.

Leia também: Quantos dias ficar em Roterdã?

Quanto custa?

Um dos diferenciais de Roterdã são os preços. Em Amsterdã, a cidade mais turística da Holanda, os preços são bem mais elevados do que em Roterdã. No The James, é possível encontrar diárias a partir de R$ 250,00, ou seja, com preços realmente interessantes. A alta temporada é no verão europeu, quando os valores são mais altos, mas em outras épocas do ano dá para conseguir valores realmente ótimos.

Como são os quartos?

O hotel é relativamente pequeno, com 144 quartos e suítes, dos mais variados tamanhos. Em geral, na Europa os quartos não são muito grandes, mas você passará a maior parte do tempo fora dele. No quarto que ficamos, a capacidade é para no máximo duas pessoas, sem crianças.

Em todos os quartos você terá uma decoração moderninha, com tons escuros, uma confortável cama, televisão, mesa de trabalho, telefone, cofre digital, poltrona, frigobar, máquina de café e armários. Chamou a atenção a desatenção com os fios, que ligam a televisão, que ficaram totalmente soltos, causando uma má impressão. Fora isso, o quarto apesar de pequeno, se mostrou confortável.

O banheiro também é bem pequeno, com uma pia, assento sanitário, espelho de aumento, secador de cabelo, boas toalhas e amenities. Tudo compacto, mas dentro da proposta do hotel. Não há, por exemplo, pantufa e roupões.

Veja algumas fotos do quarto:

Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Veja algumas fotos do banheiro:

Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


O sinal do Wi-Fi funciona muito bem em todas as dependências do hotel e é gratuito.

Quais são as opções de lazer no hotel?

Por ser um hotel boutique pequeno, não há opções, com exceção de uma pequena academia de ginástica, com aparelhos modernos. A academia está no mesmo local do mercadinho, que fica em um ambiente enorme, com várias mesas e cadeiras, lembrando muito locais de co-working.

Dentro da academia, adoramos a frase de Muhammad Ali:

Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


No lobby, há patinete para aluguel:
Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Quais são as opções de alimentação no hotel?

O hotel também não tem nenhum restaurante, o que não é nenhum problema, pois nos arredores você terá uma imensa gama de opções, podendo ir caminhando. Tem opções desde fast food até ótimos restaurantes. Dentro do hotel, há um mercadinho, que oferece opções de café da manhã e lanches durante o dia. Ele funciona sem funcionários, o que é bem interessante, então você mesmo escolhe o que quer, paga na máquina, e vai embora.

Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Imagem

Imagem

Falando de Viagem


Tem estacionamento?

O hotel não tem estacionamento próprio, mas você consegue estacionar nas proximidades. Entretanto, alugar um carro não é uma boa opção na cidade, pois não há necessidade. Para se locomover para locais mais distantes, use o Uber, que sairá mais barato.

Quais são as redes sociais?

O The James Rotterdam tem perfil apenas no Facebook.

Sugerimos que você siga os perfis para ficar por dentro das novidades e promoções.

Vale a pena se hospedar no The James Rotterdam?

O The James Rotterdam cumpre o que promete: excelentes preços, localização privilegiada e quartos confortáveis. Não é um hotel de luxo e tampouco tem muitos serviços, mas é uma boa opção para quem não quer gastar muito, quer fazer todos os passeios andando, e não abre mão de uma boa localização. Inclusive, achamos que vale mais a pena ficar nesse hotel 3 estrelas do que em um hotel 4 estrelas. Se você preferir, há opções de 5 estrelas na cidade, mas com preços que chegam a ser o triplo do preço, e sem hotéis que se destaquem muito.

Boa viagem!

O Falando de Viagem viajou para a Europa a convite da KLM e da Air France, com apoio da Holland Alliance e da Atout France.

E você, já se hospedou no The James Rotterdam? Gostou do quarto? E da localização? Recomenda? Conte para nós a sua experiência!

    Access log